Deus seja Louvado.
Portuguese Chinese (Simplified) Dutch English French German Hungarian Russian Spanish

4ª Mesa redonda da enfermagem

Em 12 de Maio foi o dia Internacional da Enfermagem. Do profissional do Cuidar, daquele que acompanha e observa o paciente em todo o processo de restabelecimento da saúde e na educação e na prevenção de doenças. Atualmente, há mais de 1,6 milhões desses profissionais no país. E ainda em comemoração a esta data ontem a faculdade realizou uma mesa redonda para os alunos do curso.

Na noite ontem (16), aconteceu no auditório I da FUNVIC - Campus Dutra, a 4ª Mesa redonda da enfermagem – FUNVIC

Com o tema “A centralidade da enfermagem nas dimensões do cuidar”, a mesa redonda contou com os membros Caroline Alves Rosalen, Maria Conceição Furtado Lancia, Josiane Pereira , Deisi Lúcia Ribeiro, Vanelle Priscila de Camilo e Griselda Pereira, tendo como mediadora a prof. Coord Denise Carvalho.

Uma noite para os acadêmicos da graduação em enfermagem trocarem experiências e refletirem sobre o assunto abordado.

A data marca o Dia Mundial do Enfermeiro, em referência ao nascimento de uma enfermeira pioneira no tratamento a feridos de guerra – Florence Nightingale. A profissão, hoje regulamentada, nasceu voluntária: as primeiras enfermeiras ajudavam nos partos e cuidavam das vítimas das guerras gratuitamente.

Hoje, para exercer a profissão é necessário frequentar a cursos de nível técnico ou superior e registrar-se no Conselho de Enfermagem do Estado. Por esses motivos, a profissão é ciência, é técnica e em função da atuação dos conselhos, exige-se que seja desempenhada com ética. Estudiosos entendem a Enfermagem, ainda, como arte, porque só com a sensibilidade da arte é possível perceber o outro, cuidar do outro, ouvir, acalentar, acompanhar.

A enfermagem é a responsável pelo bem-estar do paciente nas 24 horas do dia, através do acompanhamento do quadro clínico, execução dos tratamentos prescritos (alimentação, higienização, administração de medicamentos) e ainda oferecendo orientação sobre prevenção de doenças e manutenção da saúde e conforto à família.

De onde vem o nome Enfermeiro

A palavra Enfermeira (o) se compõe de duas palavras do latim: “nutrix” que significa Mãe e do verbo “nutrire” que tem como significados, criar e nutrir. Essas duas palavras, adaptadas ao inglês do século XIX acabaram se transformando na palavra “nurse”, que traduzido para o português, significa enfermeira. Essa associação com a maternidade gera impacto negativo na busca da valorização do profissional, já que a “maternidade” é associada à doação e ao amor, portanto, não demanda de pagamento.

Copyright © 2015 - Faculdade de Pindamonhangaba