Deus seja Louvado.
Portuguese Chinese (Simplified) Dutch English French German Hungarian Russian Spanish

 

Informações do Curso

Portaria de Autorização nº 670, de 11/11/2014 publicada no D. O. U. em 12/11/2014. 

 

Duração do Curso: 5 anos (10 semestres)Nota 4 IGC 01

Regime:Semestral

Turmas: Matutino (07h30min às 11h10min) e Noturno (19h00min às 22h40min)

Carga Horária: 4460 horas

Coordenador: Prof. Dr. Dailton de Freitas

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Fone:(12) 3648-8323 - Ramal: 223

 

INTRODUÇÃO

Em sintonia com as necessidades tecnológicas do país, e principalmente com as da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte, a grande motivação para a criação do Curso de Engenharia Ambiental se baseia na crescente demanda por engenheiros qualificados, e de forma mais específica, engenheiros ambientais aptos a aliar conhecimentos técnicos, ambientais, sociais, éticos e humanos à prática de sustentabilidade ambiental. A politica do curso objetiva uma capacitação com sólida base de conhecimentos científicos, dotada de consciência política, ética e cristã, com visão crítica e global da conjuntura econômica, social, política e cultural com visão regional e nacional. Neste sentido, busca-se formar engenheiros ambientais profissionalmente qualificados com aptidões, competências e habilidades sintonizadas com as necessidades da sociedade, do setor público e privado no que se refere às tecnologias necessárias para o equacionamento dos problemas ambientais atuais, sem deixar de lado o foco na prevenção da poluição, propondo alternativas de tecnologias e processos mais limpos.

PERFIL

Conforme Resoluções CNE/CES 11/2002 e CONFEA nº 1010/2005, o egresso, estará capacitado para participar e contribuir em todas as etapas necessárias à adequada gestão ambiental de fontes poluidoras ou de atividades e empreendimentos capazes de causar impactos ambientais, tais como, a prevenção, gerenciamento, resolução, controle, minimização, ou correção de danos ambientais, por meio da realização de análises, diagnósticos integrados, concepção e execução de projetos e avaliações técnicas, tecnológicas, socioeconômicas e de impactos nos setores e sistemas ambientais. O seu exercício profissional é regulamentado e fiscalizado pelo Conselho de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA) e pelo Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CONFEA).

Copyright © 2015 - Faculdade de Pindamonhangaba