Deus seja Louvado.
Portuguese Chinese (Simplified) Dutch English French German Hungarian Russian Spanish

Pressão alta ou baixa, como identificar?

A hiper e a hipotensão são dois transtornos na pressão do sangue nas artérias e é preciso muita atenção aos seus sintomas.

Uma forma de diferenciar a pressão alta ou baixa é que, na pressão baixa, o indivíduo costuma sentir-se fraco e com a sensação que vai desmaiar, com visão turva ou escurecida; boca seca e moleza. Já na alta, é mais comum sentir o coração palpitar e ter dor persistente na cabeça; visão embaçada e zumbido na audição.

A pressão baixa pode ser herdada e é mais frequente do que a alta, principalmente em mulheres magras e jovens. As doenças que podem causar pressão arterial baixa são: hipotireoidismo, insuficiência cardíaca, pericardite, transtornos do ritmo cardíaco e outras doenças cardiovasculares, além de déficit de líquidos ou falta de sal.

Já a pressão alta é mais preocupante, pois causa aumento no bombeamento do sangue para o coração e uma contração dos vasos sanguíneos. O problema é que 95% dos casos de hipertensão não existem manifestações. Uma pessoa pode sofrer de pressão arterial alta como consequência de obesidade ou sobrepeso, falta de atividade física e sedentarismo, consumo excessivo de sal, gorduras ou álcool, estresse e tabagismo.

Quando a pressão fica alta de forma permanente, afeta os órgãos vitais tais como cérebro, coração, rins e olhos, podendo causar desde insuficiência cardíaca até a perda da visão, passando por enfarto do miocárdio.

Por este motivo é importante sempre que houver suspeita de alteração na pressão arterial, seja feita a medição em um posto ou farmácia, pois assim quem o atender poderá orientá-lo como proceder.

pressao arterial1

 

Copyright © 2015 - Faculdade de Pindamonhangaba